marca laranja png.png

transAtlântica

  • Facebook

transAtlântica é um solo fruto de oito anos de vivências de uma emigrante portuguesa em Salvador da Bahia, e resultado da pesquisa de Doutoramento em Artes Cênicas sobre Criação em dança movida por trânsitos culturais. Partindo de material autobiográfico de um corpo que transita nas ruas e em diversas realidades sociais (nas várias cidades dentro dessa cidade), investiga a relação construída com a experiência cultural desse lugar, como isso transformou a sua dança, a(s) sua(s) identidade(s), e a sua maneira de estar no mundo. O trabalho assenta também numa interessante ambiguidade entre ficção e realidade (misturando entrevistas reais que a criadora concedeu à tv e rádio, vivências pessoais, e entrevistas feitas a outras pessoas), gerando uma perspectiva multivocal da experiência como estrangeiro, isto é, da experiência de “ser diferente”. Do vaívem desse corpo transatlântico, do violento prazer de uma transa, surge esta criação, dedicada a Salvador.

 

Criação e interpreração: Teresa Fabião

Apoio dramatúrgico: Fábio Vidal

Edição de som: Pedro Marques + Pedro Amorim

Vídeo: João Rafael Neto

Iluminação: Igor Pitella & Márcio Nonato

Vestíveis em fluxo: Carol Diniz

Arte gráfica: Tiago Ribeiro & Play Bleu 

 

Apoios: Escola de Dança da Funceb, Arte Total, Teatro Gamboa Nova, +1! Filmes

Espetáculo contemplado pelo Apoio à Circulação de Espetáculos l Fundação GDA l 2016

 

Circulação:

- Auditório da Biblioteca Almeida Garret - Porto/Portugal [2018]

- Festival Abril Dança - Coimbra/Portugal [2018]

- Teatro Gamboa Nova - Salvador/Brasil [2018]

- Festival contraDANÇA - Covilhã/Portugal [2017]

- Festival TuDanzas - Barcelona/Espanha [2017]

- Glosolí International Residency for Artists - Milão/Itália [2017]

- Armazém 22 - Gaia/Portugal [2017]

- Mostra desNORTE - Porto/Portugal [2015]

- Teatro Martim Gonçalves - Salvador/Brasil [2015]

- Teatro Gamboa Nova - Salvador/Brasil [2015]